AdaptaClima realiza workshops e reuniões no Reino Unido

O projeto promoveu uma série de encontros no Reino Unido para avançar na construção de uma plataforma de conhecimento em adaptação à mudança do clima, além de promover e facilitar a troca de experiências e a colaboração entre pesquisadores brasileiros e britânicos 19/12/2016
COMPARTILHE

Mariana Nicolletti (em destaque), gestora do projeto AdaptaClima pelo GVces, durante um dos workshops realizados na Grã-Bretanha (divulgação GVces)

Na 1ª semana deste mês de dezembro, a equipe do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP (GVces), do Ministério do Meio Ambiente e do International Institute for Environment and Development (IIED), responsáveis pelo projeto AdaptaClima, reuniram-se no Reino Unido para uma série de reuniões e workshops. 

Os workshops tiveram como objetivo avançar no desenvolvimento da Plataforma, reunindo contribuições para fortalecer sua efetividade e sustentabilidade, além de promover e facilitar a troca de experiências e a colaboração entre pesquisadores do Brasil e Reino Unido. Foram dois workshops, um com atores em Edimburgo e outro com atores em Londres. Os participantes eram em sua maioria os atores-referência no projeto, representam organizações que trabalham com ou contribuíram para a estruturação de plataformas de conhecimento em adaptação. Entre eles, estiveram presentes representantes das plataformas Adaptation Scotland, WeAdapt, ClimateXchange, Climate Knowledge Brokers Group (CKBG) e UKCIP, além de outros parceiros como a Agência de Meio Ambiente Européia e o Conselho da cidade de Glasgow. 

Já as reuniões tiveram o objetivo principal de promover a troca de experiências entre projetos no Reino Unido e no Brasil, e o aprendizado a partir dos desafios comuns, considerando as diferenças de contexto e de políticas públicas nacionais sobre adaptação à mudança do clima. Na Escócia, a equipe se reuniu com o grupo de energia e mudança do clima do governo escocês e, na Inglaterra, com a organização Climate UK, da qual faz parte a iniciativa London Climate Change Partnership. Além disso, também houve uma reunião em Oxford com a equipe da WeAdapt, iniciativa do Instituto de Meio Ambiente de Estocolmo que é referência por ser uma plataforma de conhecimento em adaptação que trabalha de maneira colaborativa, com contribuição direta por parte dos usuários e produtores de conteúdo sobre adaptação e temas correlatos.

Os workshops e reuniões trouxeram contribuições relevantes para a AdaptaClima, desde propostas de mudanças técnicas na plataforma web, até sugestões mais estruturais de diferentes modelos de negócios e composições de atores para a governança. Foi muito positivo compartilhar desafios comuns da agenda de adaptação, como o engajamento com stakeholders e a disseminação de informações de qualidade, e entender quais as estratégias deram bons resultados e quais não funcionaram.

Ao final, os objetivos foram alcançados e fechamos o ano com novas ideias e visão sobre os próximos passos do Projeto e, especialmente, para a Plataforma brasileira. Para acessar os resultados dos workshops, clique aqui.