Apex-Brasil debate sustentabilidade em grandes eventos internacionais

Seminário sobre o tema ocorrerá durante o Rio Open 2016, no Rio de Janeiro 12/02/2016
COMPARTILHE

 

Considerada um diferencial competitivo por empresas de todos os portes que buscam o mercado internacional, a sustentabilidade ganha ainda mais visibilidade por ocasião dos grandes eventos internacionais, como Olimpíadas ou torneios esportivos, a exemplo do Rio Open 2016 que acontece entre os dias 15 e 21 de fevereiro, no Rio de Janeiro. Com o objetivo de fomentar a discussão e sensibilizar empresas, empreendedores e sociedade em relação ao tema, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) promove dia 15, o Summit “Os Grandes Eventos no Alvo da Sustentabilidade”. 

O seminário é uma das ações que a Apex-Brasil, patrocinadora do torneio de tênis Rio Open 2016, organiza durante o evento. Após o debate, os participantes visitarão o espaço de hospitality da Apex-Brasil na Sede Social do Jockey Club, onde acontece o torneio, e assistirão a alguns dos jogos.

“Grandes eventos são uma ótima oportunidade para comunicar e disseminar os temas de sustentabilidade. A indústria de eventos gera um volume de negócios extremamente significativo, movimenta uma massa de atividades e lida com fornecedores dos mais diversos tipos. A partir dessas discussões, pretendemos contribuir para estimular a contratação de produtos e serviços sustentáveis e o desenvolvimento de novas soluções”, afirma Adriana Rodrigues, coordenadora de Competitividade da Apex-Brasil.

A programação do Summit inclui palestras de Paulo Branco, vice-coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) e de Tânia Braga, gerente geral de Sustentabilidade, Acessibilidade e Legado do Rio 2016 do Comitê Organizador do Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Ela falará sobre como a organização dos Jogos de 2016 trabalha para contribuir para o desenvolvimento de fornecedores de produtos e serviços sustentáveis.

Ainda durante o seminário, uma roda de conversas envolverá um grupo de quatro empresas que se diferenciam por seus atributos de sustentabilidade e pelos impactos ambientais e sociais positivos que promovem. Participam: Rede Asta – negócio social que leva a consumidores em todo o Brasil produtos de design feitos por grupos produtivos de regiões de baixa renda;  Feitiços Aromáticos – detentora das marcas Brasil Aromáticos e Feitiços Aromáticos, a empresa trabalha por práticas economicamente viáveis, socialmente justas e ecologicamente corretas e é certificada pelo Sistema B, certificação internacional concedida a empresas que criam produtos ou serviços voltados a resolver problemas socioambientais.; Courrieros - empresa de entrega de documentos e pequenos pacotes que utiliza apenas bicicletas. Também é certificada pelo Sistema B e atua no Rio de Janeiro e em São Paulo. Uma quarta empresa é a The Products Brasil - negócio social que colabora para a inclusão das crianças com deficiência física por meio de inovadores produtos de design universal e tecnologias assistivas.

O Summit também apresentará o projeto Inovação e Sustentabilidade nas Cadeias Globais de Valor - ICV Global, parceria da Apex-Brasil com o GVces, cujo objetivo é fomentar a internacionalização de micros, pequenas e médias empresas que se diferenciam por seus atributos de inovação e sustentabilidade. Na primeira edição, realizada em 2015, 58 empresas se inscreveram no edital de seleção e 10 foram selecionadas para participar de oficinas mensais de capacitação.  Nessas oficinas, elas aprenderam a aprimorar os atributos de sustentabilidade de seus produtos, serviços, comportamento empresarial e argumentos de venda. O projeto também incluiu rodada de negócios com compradores internacionais e missão prospectiva de mercado aos EUA. A segunda edição está com as inscrições abertas e atenderá a 30 empresas, sendo 10 do Nordeste.

Negócios no Rio Open

A Apex-Brasil trará ao Rio de Janeiro mais de 60 compradores, investidores e formadores de opinião estrangeiros entre os dias 18 e 21 de fevereiro, durante os jogos do Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul. A ação é realizada em parceria com 30 empresas exportadoras e entidades setoriais brasileiras. Cada uma se responsabilizará pela vinda de dois potenciais clientes, que cumprirão agendas de negócios e assistirão aos jogos do torneio de tênis.

A Apex-Brasil também organiza, nos dias 16/2 e 17/2, respectivamente, os seminários “Investimentos: Private Equity in Brazil”, Born Global: Lições dos jovens empreendedores para vencer no mercado internacional ambos no restaurante Rubaiyat. Os encontros têm o objetivo de debater temas fundamentais que estimulem a economia brasileira tanto no campo das exportações quanto de investimentos estrangeiros diretos. 

Credenciamento para imprensa:

imprensa@apexbrasil.com.br (61) 3426 0775

Confira a programação:

Os grandes eventos no alvo da sustentabilidade

Data: 15/2

Local: Restaurante Rubaiyat - Rua Jardim Botânico, 971 - Jardim Botânico, RJ

Programação: 

9h                    Credenciamento

 

9h30                Abertura e Mensagem de Boas Vindas

                        David Barioni Neto – Presidente da Apex-Brasil

 

9h35                A Sustentabilidade como Ferramenta para Decisões de Consumo em Grandes Eventos

                        Paulo Branco – Vice Coordenador do GVces (FGV)

 

10h                  A Rota Verde dos Jogos Olímpicos Rio 2016 – Plano de Gestão da Sustentabilidade

                        Tânia Braga – Gerente Geral de Sustentabilidade, Acessibilidade e Legado do Rio 2016

 

10h30              Roda de conversa com casos relacionados ao tema:

                        Rede Asta – Rachel Schettino (confirmado)

                         Feitiços Aromáticos – Raquel da Cruz (confirmado)

                        Courrieros – Victor Castello Branco (confirmado)

                        The Products Brasil/Instituto Noisinho da Silva – Erika Foureaux (confirmado)

                       

11h30              Do Brasil para o Mundo: inovação e sustentabilidade nas cadeias globais de valor – ICV Global

                        Adriana Rodrigues – Coordenadora de Competitividade da Apex-Brasil

                        Paulo Branco – Vice Coordenador do GVces (FGV)

 

12h00              Encerramento