Bota na Mesa | Juventude na agricultura

30/01/2018
COMPARTILHE

foto: Diário de um Agricultor

Um grande desafio da agricultura é o desinteresse da juventude pela continuidade do trabalho no campo, que gera êxodo para a cidade e mão-de-obra insuficiente no meio rural. Diversos elementos contribuem para que sair do campo seja mais uma “falta de opção” do que efetivamente uma escolha. A perspectiva de um cenário de baixa disponibilidade de serviços de infraestrutura, conectividade, lazer e educação, além da busca por oportunidades de trabalho assalariado, com rendimentos maiores e mais estáveis destacam-se como os principais fatores de atração das cidades. 

Este contexto denuncia, por si só, a desvalorização do modo de vida rural, e representa uma ameaça à segurança alimentar, uma vez que a agricultura familiar é responsável por grande parte da produção dos alimentos frescos e saudáveis que chegam à mesa dos brasileiros. Se os agricultores familiares deixarem de produzir as frutas, legumes, verduras, grãos, laticínios que consumimos, quem irá abastecer a cidade? Se esses produtores possuem um papel tão relevante na cadeia de alimentos, por que este papel muitas vezes não é reconhecido pelo mercado, a ponto de levar os jovens a saírem do campo em busca de condições melhores de vida e trabalho?

Para abordar este tema, o grupo de trabalho dedicado a ele irá discutir os fatores que afastam a juventude da atividade agrícola, as consequências dessa realidade e como valorizar a vida no campo e o trabalho do agricultor familiar, para tornar a atividade mais atrativa para os jovens.

 

Agenda de trabalho

Oficina 2 do GT Juventude na Agricultura - 17 de Maio de 2018

Oficina 1 do GT Juventude na Agricultura - 21 de Março de 2018

 

Ponto focal deste grupo de trabalho

Jéssica Chryssafidis

jessica.chryssafidis@fgv.br 

 

Mais sobre o assunto

Food and Agriculture: driving actions across the 2030 agenda for sustainable development (FAO)

Mão de obra rural no setor hortifrutícola (HF Brasil)

Estudo de competências para o jovem agricultor familiar (GVces)