Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP e Citi fecham parceria para incentivar a cooperação entre pequenas e grandes empresas

Programa irá fomentar a troca de inovações sustentáveis de pequenas e médias empresas com grandes corporações visando a melhoria de processos e redução de custos 15/12/2011
COMPARTILHE


O GVces (Centro de Estudos em Sustentabilidade) da FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas) anunciou uma parceria com o Citi para a realização do projeto Inovação e Sustentabilidade na Cadeia de Valor. A iniciativa tem por objetivo promover a cooperação entre as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) e as grandes corporações, possibilitando o desenvolvimento de produtos, serviços e modelos de negócios inovadores e sustentáveis, a melhoria de processos, a redução de custos e riscos, além da maior eficiência no uso de recursos por parte das grandes empresas.
Com apoio da Citi Foundation, o programa contará com uma plataforma online que irá funcionar como uma espécie de banco de dados, contendo informações e casos de PMEs que já tenham desenvolvido algum produto ou serviço inovador para grandes empresas. A inclusão no banco de dados poderá ser feita pela indicação de grandes empresas e/ou inscrição voluntária das próprias PMEs. As empresas interessadas poderão associar-se à plataforma através do site www.fgv.br/ces/inova.
Para Mario Monzoni, coordenador do GVces, o objetivo principal do projeto é mapear e apresentar projetos inovadores e sustentáveis que possam ser implantados em todos os processos da cadeia produtiva. “Isso implica o desenvolvimento do sistema de produção dos fornecedores, que passam a atuar de forma mais eficiente e sustentável, e o aprimoramento do produto ou modelo de negócio do empreendedor”, destaca Monzoni.
De acordo com a superintendente de Assuntos Corporativos do Citi, Priscilla Cortezze, o projeto tem dois grandes méritos: gerar conhecimento sobre práticas sustentáveis na cadeia produtiva e, tão importante quanto, fazer com que esse conhecimento seja difundido entre os vários agentes do mercado. “Ao final, teremos uma grande rede de pequenas empresas se comunicando com as grandes corporações, promovendo o intercâmbio do que há de melhor nos seus sistemas de produção”.
A parceria prevê, ainda, a realização de oficinas temáticas presenciais, cujo objetivo é apresentar casos de sucesso e promover a troca de informações relativas a inovação em sustentabilidade entre empresas de tamanhos e segmentos diferentes. No início, o projeto será desenvolvido com empresas parceiras do GVces, mas o objetivo é que cada vez mais empresas façam sua adesão ao programa. Ao fim do primeiro ciclo, o GVces e o Citi irão promover um Fórum de Inovação e Sustentabilidade na Cadeia de Valor, com o lançamento de uma publicação com os casos selecionados durante o primeiro ano do projeto.
Sobre o GVces
Criado em 2003, o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) atua na formulação e acompanhamento de políticas públicas, na construção de instrumentos de auto-regulação e no desenvolvimento de estratégias e ferramentas de gestão empresarial para a sustentabilidade, no âmbito local, regional, nacional e internacional. Essa atuação acontece por meio de atividades: (i) de educação formal e informal; (ii) de pesquisa aplicada e publicações; (iii) de promoção do debate, mobilização e sensibilização da sociedade para o tema; (iv) de comunicação; (v) e de intercâmbio de experiências e informações, que disseminem conceitos e práticas de sustentabilidade em todas as suas dimensões.
Sobre a FGV-EAESP
Criada em 1954, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) foi a primeira escola de administração fundada na América Latina e mantém uma longa tradição na formação de líderes na área empresarial, governamental e acadêmica. Conhecida como um dos centros acadêmicos de maior prestígio nas áreas de Negócios e Administração Pública, a Escola se caracteriza pelo constante desenvolvimento de pesquisas e estudos pioneiros e pela vanguarda do conhecimento aplicado, divulgados em publicações e projetos realizados em seus diversos Centros de Pesquisas. Nos últimos anos, vários programas de seu portfólio de cursos foram listados em diversos rankings nacionais e internacionais. A FGV-EAESP se destaca como a Melhor Escola de Negócios no Brasil, com nota máxima na avaliação do MEC e como a 1ª instituição da América Latina e uma das poucas no mundo a obter a tríplice acreditação internacional de qualidade de ensino, que inclui o reconhecimento das seguintes agências: AACSB, EFMD e AMBA.
Sobre a Citi Foundation
A Citi Foundation está comprometida com o desenvolvimento econômico e a inclusão financeira de indivíduos e famílias, principalmente nas comunidades onde o banco está presente, para que possam melhorar o seu padrão de vida. Globalmente, a Citi Foundation estabelece seus objetivos estratégicos priorizando áreas como: Educação Financeira, Microfinanças, Empreendedorismo, Geração de Renda e Educação de Jovens. Informações adicionais podem ser encontradas em www.citifoundation.com.
Sobre o Citi
Citi, empresa-líder em serviços financeiros globais, tem aproximadamente 200 milhões de contas e realiza negócios em mais de 160 países e jurisdições. O Citi oferece a pessoas, corporações, governos e instituições uma ampla série de produtos e serviços financeiros, incluindo serviços bancários e de crédito ao consumidor, serviços bancários corporativos e de investimentos, corretagem de valores e administração patrimonial.
Informações para a imprensa
GWA Comunicação Integrada
Tel.: (11) 3030-3000
Kelly Souza – kelly.souza@gwacom.com – (11) 6620-2234
Robson Bertolino – robson.bertolino@gwacom.com – (11) 8261-8081
Regiane Tosatti – regiane.tosatti@gwacom.com - (11) 9213-2750
G&A Comunicação Empresarial
Marcelo de Andrade – marcelo.de.andrade@citi.com – (11) 4009-3172
Renata Torres – renata@gaspar.com.br – (11) 3037-3217