Desafio do FIS 5

07/03/2012
COMPARTILHE

O desafio do FIS 5 é apresentar uma política de gestão e desenvolvimento de fornecedores que crie as condições para que as empresas brasileiras [do setor primário], sejam protagonistas em cadeia de suprimentos orientada à sustentabilidade.
 
Espera-se que este produto induza práticas de sustentabilidade em cadeias de suprimento e ofereça princípios e valores que superem os critérios básicos de ‘preço, prazo e qualidade’. Almeja-se também que o relacionamento Fornecedor-Empresa vá além de mecanismos de comando e controle e promova relações recíprocas de cooperação, colaboração e parceria.
 
Essa política deverá:
 
• Preocupar-se somente com o redesenho de processos ou introdução de novos procedimentos que sejam passíveis de orientação para a sustentabilidade
 
• Considerar [partir de] políticas de gestão de fornecedores existentes
 
• Contemplar propostas para o processo de homologação de fornecedores
 
• Priorizar a gestão e desenvolvimento de micro, pequenos e médios fornecedores
 
• Focar em empresas cujas operações dependam do uso de recursos naturais não renováveis
 
• Estimular o desenvolvimento de cadeias de fornecedores locais
 
• Contribuir para minimizar riscos socioambientais
 
• Incentivar o engajamento e comprometimento do público interno
 
• Apontar caminhos para sua implementação e gestão
 
• Apontar maneiras pelas quais a comunicação entre os protagonistas das cadeias seja facilitada
 
• Considerar como esta nova política pode contribuir para a criação de valor para fornecedores, empresa e sociedade, promovendo assim desenvolvimento sustentável local