Empresas divulgam ações de adaptação às mudanças climáticas

Encontro latino-americano acontece em junho, em São Paulo, na sede da Fundação Getulio Vargas 26/05/2013
COMPARTILHE

O Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), em parceria com o Secretariado da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC) – Nairobi Programme, realiza, no dia 26 de junho, o Fórum Latino Americano de Adaptação às Mudanças do Clima.

As mudanças do clima já são uma realidade e a necessidade dos países adaptarem-se a esse novo cenário é iminente. Na América Latina, o aumento do nível do mar, a maior frequência e intensidade de chuvas, a alteração de microclimas e o aumento da estiagem são alguns dos impactos que podem afetar diferentemente cada região e cada economia local.

As empresas latino-americanas estão sujeitas a riscos, desde a interrupção de cadeias de transporte, quebra de infraestruturas e redução na produção de energia, até o aumento de pragas na lavoura e a perda de safras. Os mesmos riscos podem ser tratados como oportunidade de inovação e salto de competitividade, com a criação de novos processos, produtos e serviços mais resistentes, adaptáveis e que possam atender às novas demandas e necessidades que surgem com as mudanças no clima.

Centenas de exemplos de casos empresariais em adaptação estão disponíveis no banco de casos online do Private Sector Initiative (PSI), da UNFCCC. Entre eles, está o caso brasileiro do HSBC em parceria com a Allianz que, ao mapear os riscos iminentes das mudanças do clima, criou um seguro agrícola para ajudar os fazendeiros a lidar com perdas relacionadas às mudanças do clima.

Iniciativas como o PSI, metodologias e boas práticas fazem parte da agenda do Fórum que tem como objetivo envolver as empresas no debate e na atuação em Adaptação às Mudanças do Clima, evidenciando a estreita conexão deste tema com os negócios dos diversos setores. As empresas têm até o dia 31 de maio para inscrever seus casos de adaptação no site do PSI, de onde três serão selecionados para serem apresentados no evento.

Com patrocínio da Vale, Gol, GIZ, Consulado dos Estados Unidos e Fundação Konrad Adenauer, o encontro reunirá empresas, governos e organizações da sociedade civil de toda a América Latina e pretende inaugurar uma série de eventos abordando a adaptação às mudanças do clima. As inscrições para participação do público já estão abertas.

Para participação e inscrição de iniciativas empresariais, ver mais informações no hotsite do Evento.

 

Sobre o GVces

Criado em 2003, o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) atua na formulação e acompanhamento de políticas públicas, na construção de instrumentos de auto-regulação e no desenvolvimento de estratégias e ferramentas de gestão empresarial para a sustentabilidade, no âmbito local, regional, nacional e internacional. Essa atuação acontece por meio de atividades: (i) de educação formal e informal; (ii) de pesquisa aplicada e publicações; (iii) de promoção do debate, mobilização e sensibilização da sociedade para o tema; (iv) de comunicação; (v) e de intercâmbio de experiências e informações, que disseminem conceitos e práticas de sustentabilidade em todas as suas dimensões.

 

Sobre a FGV-EAESP

Criada em 1954, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) foi a primeira escola de administração fundada na América Latina e mantém uma longa tradição na formação de líderes na área empresarial, governamental e acadêmica. Conhecida como um dos centros acadêmicos de maior prestígio nas áreas de Negócios e Administração Pública, a Escola se caracteriza pelo constante desenvolvimento de pesquisas e estudos pioneiros e pela vanguarda do conhecimento aplicado, divulgados em publicações e projetos realizados em seus diversos Centros de Pesquisas. Nos últimos anos, vários programas de seu portfólio de cursos foram listados em diversos rankings nacionais e internacionais. A FGV-EAESP se destaca como a Melhor Escola de Negócios no Brasil, com nota máxima na avaliação do MEC e como a 1ª instituição da América Latina e uma das poucas no mundo a obter a tríplice acreditação internacional de qualidade de ensino, que inclui o reconhecimento das seguintes agências: AACSB, EFMD e AMBA.

 

Informações à imprensa

GWA Comunicação Integrada
Tel.: (11) 3030-3000
Camila Barone – camila.barone@gwacom.com – (11) 9168-0221
Robson Bertolino – robson.bertolino@gwacom.com – (11) 8261-8081
Regiane Tosatti – regiane.tosatti@gwacom.com - (11) 9213-2750