FGV e Apex-Brasil debatem estratégias para a participação brasileira na COP 22

13/10/2016 - Apex-Brasil
COMPARTILHE

Destaques

 

Na manhã desta terça-feira (11/10) a Apex-Brasil recebeu a visita de Guarany Osório e Mariana Nicolletti, ambos do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas.  Os dois especialistas foram convidados para fazer uma exposição sobre o Acordo de Paris, o tratado que rege medidas de redução de emissão dióxido de carbono a partir de 2020.

 

O objetivo do encontro foi levar à Agência insumos que possam colaborar com reflexões e considerações para a atuação da Apex-Brasil na COP 22, a conferência para o clima que será realizada de 7 a 18 de novembro, em Marrakesh, no Marrocos.

 

Para o gestor de projetos da Coordenação de Competitividade da Apex-Brasil, Gilson Spanemberg, o encontro foi importante para a Agência traçar suas estratégias para a participação brasileira no evento no Marrocos.  “Essa conversa vai nos ajudar a definir nossa agenda para a COP 22, a identificar quais conteúdos são relevantes e quais as experiências mais exitosas por parte de empresas para apresentarmos no espaço Brasil durante do evento”, explicou.

 

No encontro, Guarany e Mariana falaram sobre os principais desafios e perspectivas no campo das políticas públicas e gestão empresarial, com foco na mitigação das mudanças climáticas.  Segundo Mariana, várias questões tratadas em Paris já são possíveis de serem vistas no Brasil.  “Pelo menos três vetores de adaptação já são encontrados em algumas áreas no Brasil.  O primeiro é a relação de alguns investidores que já começam a calcular intensidade de carbono em suas carteiras de investimentos.  O segundo vetor seria a inovação tecnológica, que também já está no radar de empresas que se preocupam em se preparar para a nova economia que está se apresentando.  E, finalmente, a revisão da cadeia de valor, que está analisando os processos de algumas empresas, checando onde está havendo emissões de carbono, reduzindo riscos e custos”, conclui.

 

11/10/2016