FGV-EAESP e Brazilian Furniture promovem oficina sobre desafios e oportunidades para o setor moveleiro

21/02/2013
COMPARTILHE

O evento marca o início da parceria entre o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da FGV-EAESP e o projeto Brazilian Furniture
 
São Paulo, 21 de fevereiro de 2013 – Nesta quinta-feira, 28 de fevereiro, o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) e o projeto Brazilian Furniture promovem a primeira atividade da ação de sustentabilidade da iniciativa. Desenvolvido em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o projeto Brazilian Furniture reúne 59 empresas do setor, responsáveis pela comercialização de cerca de US$ 69 milhões para nove mercados-alvo no exterior em 2012. O objetivo do projeto é promover as exportações brasileiras e consolidar a imagem de qualidade e credibilidade dos móveis fabricados no país. Com a ação de sustentabilidade, pretende-se desenvolver um diagnóstico e traçar diretrizes com atributos socioambientais para destacar o Brasil no cenário moveleiro internacional, além de aumentar a competitividade das empresas brasileiras.
 
O evento, um diálogo com especialistas, antecede uma série de cinco encontros e visitas técnicas em polos moveleiros estratégicos no Brasil. O tema abordado será “Acesso ao mercado internacional: desafios e oportunidades para o setor moveleiro”. 
 
Sobre o GVces
Criado em 2003, o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP)  atua na formulação e acompanhamento de políticas públicas, na construção de instrumentos de auto-regulação e no desenvolvimento de estratégias e ferramentas de gestão empresarial para a sustentabilidade, no âmbito local, regional, nacional e internacional. Essa atuação acontece por meio de atividades: (i) de educação formal e informal; (ii) de pesquisa aplicada e publicações; (iii) de promoção do debate, mobilização e sensibilização da sociedade para o tema; (iv) de comunicação; (v) e de intercâmbio de experiências e informações, que disseminem conceitos e práticas de sustentabilidade em todas as suas dimensões.
 
Sobre a FGV-EAESP
Criada em 1954, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) foi a primeira escola de administração fundada na América Latina e mantém uma longa tradição na formação de líderes na área empresarial, governamental e acadêmica. Conhecida como um dos centros acadêmicos de maior prestígio nas áreas de Negócios e Administração Pública, a Escola se caracteriza pelo constante desenvolvimento de pesquisas e estudos pioneiros e pela vanguarda do conhecimento aplicado, divulgados em publicações e projetos realizados em seus diversos Centros de Pesquisas. Nos últimos anos, vários programas de seu portfólio de cursos foram listados em diversos rankings nacionais e internacionais. A FGV-EAESP se destaca como a Melhor Escola de Negócios no Brasil, com nota máxima na avaliação do MEC e como a 1ª instituição da América Latina e uma das poucas no mundo a obter a tríplice acreditação internacional de qualidade de ensino, que inclui o reconhecimento das seguintes agências: AACSB, EFMD e AMBA.
 
Informações à imprensa:
GWA Comunicação Integrada
Tel.: (11) 3030-3000
Kelly Souza – kelly.souza@gwacom.com (11) 96620-2234
Michelle Weiser – michelle.weiser@gwacom.com  - (11) 98673-7939