Green Nation promove painéis e oficinas para empresários e empreendedores nos próximos dias

17/11/2016 - Segs.com.br - Sabrina Netto
COMPARTILHE

Empresários, empreendedores e consultores que desejam pensar como a inovação e a economia circular podem impactar seus negócios têm encontro marcado nos dias 24, 25 e 26.  O Green Nation levará ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, diferentes painéis com especialistas, oficinas de cocriação e de Mashup propondo o intercâmbio de ideias, informações e experiências, a partir das tendências e inovações que estão alterando a realidade de pessoas, negócios, comunidades e cidades.  Serão nove oficinas e três sessões pós-painéis com os palestrantes.

 

O evento trará para o mesmo espaço, no dia 25, das 10h ao meio-dia, os economistas Sérgio Besserman e Walter de Simoni; o co-fundador e diretor-executivo da Hand Talk, Ronaldo Tenório; a engenheira Agrônoma Nair Arriel e o empresário Gladstone Santos Júnior para falarem sobre ética, acessibilidade, inovação, bem viver rural e mobilidade urbana com o público.  O tema do painel é “Inovação para sustentabilidade”.

 

No dia seguinte, sábado, dia 26 de novembro, também das 10h ao meio-dia, acontece o painel “Empreender para superar”.  Desta vez, o executivo Thomas Eckschmidt; a especialista e consultora Beatriz Luz; o coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV Aron Belinky e o educador Emmanuel Khodja falarão sobre Capitalismo Consciente, Economia Circular, Sinergia com a Sustentabilidade e a Reinvenção de Organismos Evolutivos.

 

Todas as atrações do festival são gratuitas, mas as vagas são limitadas e restritas a inscritos pelo site www.greennation.com.br.

 

Além dos painéis, entre os dias 24 e 27, das 9h às 18h, o Green Nation promove também uma programação ampla, com mostra de cinema, festival multimídia competitivo, oficinas gastronômicas, atividades lúdicas e instalações sensoriais.  Serão 13 instalações, nove filmes em exibição e nove apresentações teatrais, 38 sessões de culinária sustentável para crianças e adultos, além de oito turmas de “Faça você mesmo”, no Makerspace, e um festival multimídia com dezenas de inscritos concorrendo ao grande prêmio desta edição, o troféu Green.

 

Sobre o Green Nation

 

O Green Nation é um movimento brasileiro que tem como missão mudar atitudes em relação à sustentabilidade, aos negócios e à cidadania através da arte, da educação, da cultura e da experimentação.  Ao longo de sua história, realizou diversas ações de incidência e dois festivais, em 2012, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, e em 2014, no Museu da República, no bairro carioca do Catete, totalizando 100 mil visitantes.  “A sustentabilidade é uma atitude.  Para entendê-la é preciso experimentar.  Quem sente não esquece e muda seus hábitos porque entende que a sua vida e de outros depende disso.  O Green Nation acredita que, para garantir o futuro do planeta agora, é preciso engajar pessoas através da emoção e pensar novos formatos nas relações entre negócios, pessoas e meio ambiente”, avalia Marcos Didonet, diretor do Green Nation.

 

O movimento propõe um olhar sobre a sustentabilidade em escala global, unindo entretenimento, negócios, experimentação, internet e interatividade para dialogar com a sociedade sobre as mudanças necessárias para a consolidação de novos cenários para pessoas, empreendimentos e o meio ambiente.  As ações são estruturadas em três áreas: Sustentabilidade, com atividades voltadas para o meio ambiente, cidades justas e sustentáveis; Cidadania, que tem foco em diversidade, tecnologia da informação, comunicação e negócios sociais; e Bem-estar, que pensa sobre saúde e incentiva o esporte e a qualidade de vida.

 

Esta terceira edição do festival Green Nation é apresentada pela AMBEV e conta com o patrocínio do SEBRAE, LIGHT e Companhia Aérea do Pão de Açúcar; copatrocínio da LUPO e RODHIA; e os incentivos fiscais Federal (Lei Rouanet) e Municipal (ISS – Secretaria Municipal de Cultura), além de apoio e parcerias de empresas ligadas a sustentabilidade e meio ambiente.

 

Quinta, 17 Novembro 2016 14:10 Escrito por sabrina netto