Micro e pequenas empresas verdes fazem missão à Califórnia

Viagem de prospecção e networking é organizada pelo ICV Global – parceria da Apex-Brasil e GVces para apoiar a exportação de empresas inovadoras e sustentáveis 20/04/2017
COMPARTILHE

Da Apex-Brasil

Na próxima semana (24 a 28 de abril), onze empresas brasileiras de micro e pequeno porte que se diferenciam por suas características de sustentabilidade e inovação participam de uma missão ao Vale do Silício, em São Francisco (EUA). A viagem, para prospecção e entendimento das características do mercado, além de articulação com possíveis clientes, parceiros e investidores, faz parte do projeto Inovação e Sustentabilidade nas Cadeias Globais de Valor (ICV Global), uma parceria entre a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (GVces). 

Os participantes são de setores como cosméticos naturais e sustentáveis, tecnologia assistiva, café, móveis e construção, entre outros. Na agenda da missão, está prevista uma mentoria de negócios com profissionais do Google, visitas à Berkeley University, ao Stanford Research Institute e à Stanford Design Thinking School, além de conversas com empresários e investidores sobre os temas de venture capital para empresas verdes, empreendedorismo feminino, sustentabilidade nas cidades, entre outros. Os empresários também conhecerão o escritório da Apex-Brasil em São Francisco.

“O Vale do Silício se caracteriza por reunir empresas líderes em inovação e tecnologia, que atuam de forma sustentável e consciente, além de investidores dispostos a apostar em ideias novas. É, portanto, um ambiente muito rico e que traz um enorme potencial de aprendizado para empresas brasileiras com potencial para se posicionar no mercado internacional a partir da inovação e da sustentabilidade”, comenta Adriana Rodrigues, coordenadora de Competitividade da Apex-Brasil.

O ICV Global tem o objetivo de fomentar a exportação de micro e pequenas empresas que se posicionam no mercado a partir de atributos de sustentabilidade e inovação. Em sua segunda edição, que beneficia 30 empresas, as empresas recebem orientação para aprimorar os atributos de sustentabilidade de seus produtos e serviços, adequar o comportamento empresarial e incrementar os argumentos de venda internacional, sempre com foco nas boas práticas de responsabilidade socioambiental. O projeto também inclui ações de inteligência para identificação de mercados alvo e ações de promoção comercial - projeto comprador e missões de prospecção de mercado.