Pegada de Carbono da Carne Bovina Brasileira

O projeto

O Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV (FGVces) lançou o projeto “Pegada de Carbono da Carne Bovina Brasileira (PCCBB)”, propondo-se a articular atores e conhecimentos necessários para que o Brasil possa conhecer com segurança e credibilidade os reais impactos gerados pela carne produzida no país, avaliando todo seu ciclo de vida, e relacionar esse fator ambiental à competividade do produto no cenário internacional, com foco nas exportações para a União Europeia.

O projeto vem sendo conduzido e executado no contexto do Fundo de Pesquisa Aplicada da Fundação Getulio Vargas (FPA-FGV), principal financiadora, e conta com o apoio técnico e institucional de relevantes parceiros, mostrados abaixo.

O método para estudos que se baseiam na Avaliação de Ciclo de Vida (ACV), como a pegada de carbono, já está plenamente dominado por pesquisadores brasileiros. Apesar disso, estudos nacionais ainda são dependentes de bases de dados internacionais. Por isso, a criação de bases de dados locais é o maior desafio de um projeto como esse e depende de levantamentos específicos e metodologicamente consistentes ao longo de toda a cadeia produtiva. Por isso, os passos essenciais são identificar, sensibilizar, mobilizar e capacitar os seus principais integrantes, que deverão empenhar-se em um esforço coletivo inicial visando o interesse comum. Uma vez capacitado os atores e constituída a base de dados, as análises poderão ser realizadas, correlacionando os resultados com a competividade do produto brasileiro no cenário internacional.

Acesse as seções abaixo para saber mais sobre o projeto.