Pesquisa identifica oportunidades e riscos do alinhamento entre investimento social privado e negócio

01/12/2016 - Segs.com.br - 2PRÓ Comunicação
COMPARTILHE

 Com apoio do Instituto C&A, Gvces e GIFE exploraram as motivações e os tipos de alinhamento mais recorrentes e apontaram para a necessidade de debate mais profundo sobre o papel desempenhado por empresas e suas fundações e institutos em questões de interesse público

 

Há uma tendência no campo do investimento social privado: empresas buscam cada vez mais alinhar o tipo de investimento na área social com seus negócios.  Com base nessa observação, o estudo “Entre o público e o privado: caminhos do alinhamento entre o investimento social privado e o negócio” explorou as motivações, além das oportunidades e riscos, da mudança na relação das empresas com suas fundações e institutos.  Lançada na última quarta-feira (23/11), a pesquisa foi realizada pelo Gvces (Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas – FGV), com o apoio do GIFE e do Instituto C&A.

 

O estudo traz uma revisão bibliográfica sobre o tema e ouviu gestores empresariais e públicos, investidores sociais empresariais, representantes da sociedade civil organizada, pesquisadores e consultores.

 

Entre as principais conclusões, vale destacar a de que o alinhamento envolve potenciais riscos de subordinação de prioridades e de diminuição dos públicos, territórios e causas atendidas, o que pode gerar conflito entre interesses públicos e privados.  Sobre as vantagens, alguns pontos mencionados são o fortalecimento dos institutos e fundações e a atribuição de inteligência e sentido estratégico à atuação social da empresa.

 

De acordo com a análise, o alinhamento resulta de uma preocupação crescente das empresas em ampliar o diálogo com seus stakeholders e em refletir sobre os impactos socioambientais dos negócios.

 

As motivações para o alinhamento são bastante diversas, como minimização de custos, resposta a pressões de diversos atores, entendimento de que reputação deve ser trabalha em esferas variadas, redução de riscos e o desejo de dar maior legitimidade para a ação social.

 

Além disso, identificou-se que a atuação territorial, o relacionamento com stakeholders, os temas de interesse, as questões institucionais e o modelo de gestão são formas pelo qual o alinhamento do investimento social acontece.  Por exemplo, uma empresa pode orientar o seu investimento social nos territórios onde atua ou, como em alguns casos de companhias de bens de consumo, promover ações de educação ambiental de olho no impacto das embalagens que vendem.

 

O alinhamento entre o negócio e o investimento social privado empresarial é uma das oito agendas estratégicas do GIFE, e também foi pauta de um estudo publicado em março deste ano pelo Grupo, cuja análise está publicada no caderno “Temas do investimento social – Alinhamento entre o investimento social privado e o negócio”.  A parceria com o Instituto C&A e o Gvces na elaboração desse novo estudo possibilita dar uma nova escala à contextualização e à interpretação do alinhamento.

 

O lançamento da pesquisa foi realizado na Fundação Getulio Vargas e contou com um painel de discussão, mediado por André Degenszajn (Secretário geral do GIFE),com a participação de Giuliana Ortega (Diretora Executiva do Instituto C&A), Anna Helena Altenfelder (Superintendente do CENPEC) e Aron Belinky e Lívia Pagotto (pesquisadores do Gvces).

 

Sobre o GIFE

 

O GIFE é uma organização sem fins lucrativos com 131 associados que investem em torno de R$ 3 bilhões por ano na área social.  A organização completou 20 anos em 2015 e é referência no Brasil em temas relacionados ao investimento social privado.  O principal papel do GIFE é articular organizações privadas que apoiam causas de interesse público e gerar conhecimento sobre o campo.  Sua missão é aperfeiçoar e difundir conceitos e práticas do investimento social, definido pelo repasse voluntário de recursos de forma planejada, monitorada e sistemática para projetos sociais, ambientais e culturais de interesse público.  Para saber mais sobre o GIFE, assista ao documentário ““Em Movimento: 20 anos de Investimento Social no Brasil”.  Para conhecer as oito agendas estratégicas, com temáticas que norteiam as atividades da entidade, assista a websérie COMUM.

 

Terça, 29 Novembro 2016 11:36