Projeto ICV Global oferece formação intensiva em sustentabilidade para MPEs com potencial para ingressar no mercado internacional

As inscrições para o processo de seleção vão até 29/02/2016. Serão escolhidas 30 empresas para o programa com um ano e meio de duração 02/02/2016
COMPARTILHE

O Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), recebe até 29 de fevereiro de 2016 as inscrições de MPEs (micro e pequenas empresas) interessadas em participar do projeto Inovação e Sustentabilidade nas Cadeias Globais de Valor (ICV Global). Para se inscrever, as empresas devem acessar o link http://icvglobal.com.br/chamada-publica-de-casos-projeto-icv-global/?locale=pt-br.  Para 2016, serão 30 vagas oferecidas, sendo 10 delas para a região Nordeste.

O ICV Global tem como meta fomentar a internacionalização de MPEs que se diferenciam por seus atributos de inovação e sustentabilidade. Na primeira edição, realizada com sucesso no ano passado, 58 empresas se inscreveram no edital de seleção e dez foram selecionadas para as oficinas mensais de capacitação.  Nessas oficinas, elas aprenderam a aprimorar os atributos de sustentabilidade de seus produtos, serviços, comportamento empresarial e argumentos de venda.

“Queremos incentivar, buscar e encontrar inovações a partir de um ecossistema de empreendedorismo que promova uma nova economia, alinhada à sustentabilidade”, argumenta Mario Monzoni, coordenador-geral do GVces.

”O projeto é uma oportunidade para o empreendedor brasileiro, pois cada vez mais o comprador internacional vê na sustentabilidade um importante atributo para sua decisão de compra e reconhece no Brasil um potencial fornecedor”, afirma Paulo Branco, vice-coordenador do GVces.

Em 2016, as oficinas acontecerão nas dependências da FGV/EAESP, em São Paulo, e também replicadas em Recife. A condução do processo de formação na capital pernambucana possibilita maior participação de empresas da região Nordeste na chamada de casos e facilita a logística para as selecionadas pelo projeto.

“A Apex-Brasil entende que a participação das empresas no projeto ICV Global contribuirá para aprimorar seus modelos de negócio, processos de gestão, produtos e serviços, além de desenvolver networking e oportunidades de relacionamentos comerciais junto a mercados estratégicos e compradores internacionais que valorizam atributos de inovação e sustentabilidade”, afirma André Favero, diretor de Negócios da Apex-Brasil.

Segundo o World Factbook da Central Intelligence Agency dos Estados Unidos, o Brasil ocupou em 2013 a 23ª posição no mundo em termos do valor de exportações enquanto possui o 8º maior PIB na economia mundial. Essa lacuna existente entre a realidade das exportações e seu potencial de crescimento abre enormes oportunidades para as pequenas e médias empresas do país.

De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) referentes a 2014, apesar de micro e pequenas empresas representarem 44,3% do universo de empresas exportadoras, o valor dessas exportações compõe apenas 0,9% do total. Segundo especialistas, algumas causas deste cenário são a ausência de conhecimento do mercado consumidor de outros países, bem como da logística de armazenagem, de distribuição e assistência técnica dos produtos no exterior.

À luz dos resultados colhidos do primeiro ciclo do projeto e do bom desempenho apresentado pelas empresas participantes, o GVces e a Apex-Brasil acreditam que a continuidade do ICV Global contribui para a formação de uma nova geração de MPEs. Isto é, negócios de pequeno porte que respondem aos desafios globais da sustentabilidade de forma inovadora, contribuindo na transição para uma nova economia que atenda às necessidades da sociedade num planeta de recursos finitos.

 

Sobre o GVces

Fundado em 2003, o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) é um espaço aberto de estudo, aprendizado, reflexão, inovação e de produção de conhecimento, composto por pessoas de formação multidisciplinar, engajadas e comprometidas, e com genuína vontade de transformar a sociedade. O Centro atua na formulação e acompanhamento de políticas públicas, na construção de instrumentos de autorregulação e no desenvolvimento de estratégias e ferramentas de gestão empresarial para a sustentabilidade nos âmbitos local, regional, nacional e internacional. Sua missão consiste em expandir de forma colaborativa as fronteiras do conhecimento, contribuindo para um desenvolvimento sustentável nos setores público e privado. Veja mais em: http://www.fgv.br/ces

 

Sobre a FGV-EAESP

Criada em 1954, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) foi a primeira escola de administração fundada na América Latina e mantém uma longa tradição na formação de líderes nas áreas empresarial, governamental e acadêmica. Conhecida como um dos centros acadêmicos de maior prestígio nas disciplinas de Negócios e Administração Pública, a Escola se caracteriza pelo constante desenvolvimento de pesquisas e estudos pioneiros e pela vanguarda do conhecimento aplicado, divulgados em publicações e projetos realizados em seus diversos Centros de Pesquisas. Nos últimos anos, vários programas de seu portfólio de cursos foram listados em diversos rankings nacionais e internacionais. A FGV-EAESP se destaca como a Melhor Escola de Negócios no Brasil, com nota máxima na avaliação do MEC e como a primeira instituição da América Latina e uma das poucas no mundo a obter a tríplice acreditação internacional de qualidade de ensino, que inclui o reconhecimento das seguintes agências: AACSB, EFMD e AMBA.Veja mais em: http://eaesp.fgvsp.br/

 

Sobre a Apex-Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial, para promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior. A Apex-Brasil também atua de diversas formas para promover a competitividade das empresas brasileiras em seus processos de internacionalização.Além da sede em Brasília, a Apex-Brasil possui nove Escritórios de Negócios atuando em importantes mercados globais, como plataformas destinadas a auxiliar no processo de internacionalização das empresas brasileiras, prospectar oportunidades de negócios e incrementar a participação nacional nos principais mercados globais, além de servir de referência para a atração de investimentos estrangeiros. Veja mais em: http://www.apexbrasil.com.br/home/index

  

Informações para a imprensa:

Insight Comunicação – Tel.: (11) 3284-6147

Claudia Izumi – claudia.izumi@insightnet.com.br

Luana Magalhães – luana.magalhaes@insightnet.com.br